Cinco questões que não deveriam existir no meio do futebol.

Vivemos numa época em que o futebol que tanto gosto, está ficando desagradável de acompanhar. É sério, jamais pensei que diria algo assim. Diante de cartolas, da politicagem, “ideais”, crenças e gente que não suporta as diferenças, confesso que sinto impotente, desgastado e as vezes até revoltado. Efetivamente, o jogo (dentro das quatro linhas) é maravilhoso na maior parte do tempo, porém, percebo que o extracampo — o contexto que faz parte desse negócio —, mais atrapalha do que ajuda. Assim como muitas pessoas, penso que algumas coisas não deveriam existir no meio do futebol, este esporte tão legal, saudável e apaixonante. Gostaria de compartilhar um pouco da minha angústia frente a um cenário consideravelmente desanimador. Então, vamos a elas.

1º) Processo de esterilização nos estádios

Novos estádios e ‘Arenas’ padrão Fifa, não há espaço para o setor popular, parte da cultura do futebol.

Esterilizar, higienizar, seja qual for o termo, tem causado a exclusão da classe popular de nossas canchas. É só prestarem atenção no perfil de quem frequenta os jogos. O processo é lento, ainda se vê o “povão”, mas já é possível fazer uma comparação, ainda que bem superficial, ou seja, pelo “olhômetro”, você nota a diferença. Muito triste não participar da festa quem sempre esteve ao lado do clube. Este modelo transforma os estádios em ‘Arenas’ equipadas, que propiciam o consumismo da elite, e ao mesmo tempo, impossibilita a camada com menor poder aquisitivo de participar desta nova realidade.

2º) Punição ao comemorar o gol

 

Balotelli é punido após tirar a camisa na comemoração do gol. Não ofendeu a ninguém, apenas extravagou.

O gol, juntamente com uma grande defesa do goleiro, são em minha opinião, os momentos mais gloriosos do futebol. Fico indignado com essa regra estapafúrdia que pune quem consegue colocar a bola no fundo da rede adversária. Por que aplicar um cartão, independente da cor, a alguém que está proporcionando alegria a muitos? Quando vejo um jogador, seja de qual for o time, ser punido por vibrar diante da sua torcida, extravagando de diferentes maneiras e de modo espontâneo, sinceramente dá vontade de ‘chutar o balde’.

3º) Proibição exacerbada

Torcida do Peñarol “Barra Amsterdam”, dá vida aos jogos, utilizando sinalizadores (piscas e luzes), papel picado, confetes e outros.

Estádio de futebol não é teatro, nem ópera e festival ou muito menos, cinema. Como é bonito ter bandeiras, papel picado, confetes, sinalizadores de fumaça, balões, papel higiênico, piscas, luzes, talco… É um espetáculo a parte. Tivemos um acontecimento lamentável há duas semanas que foi o falecimento de um adolescente boliviano, vítima de um sinalizador marítimo, atirado por um torcedor do Corinthians, que na ocasião utilizou um equipamento diferente do que é usado constantemente por torcidas espalhadas pela América do Sul. Respeito quem seja a favor da proibição dos sinalizadores, bandeiras e outras coisas mais. Apenas entendo que tais materiais não são prejudiciais, ao contrário, implementam a festa que deveria se fazer em nome do futebol. Portanto, não se deve proibir e tão pouco bani-los. Já quem faz uso de algum objeto a princípio inofensivo, com outros objetivos, devem ser penalizados criminalmente. Acredito que a justiça funcionando, é o melhor remédio.

4º) Torcida única

Clássico entre Atlético e Cruzeiro com uma só torcida. Atestado de incompetência. A morte do futebol.

É dose ver um cotejo com torcedores de apenas um clube. Com os mecanismos de segurança que a polícia dispõe, é inimaginável pensar que ela não consiga promover segurança aos cidadãos no dia de um clássico. É claro que são capazes para tal tarefa. Se quiserem fazer, eles fazem, basta querer. As entrevistas concedidas às vésperas dos jogos, só demonstra o conformismo com a situação. É bom salientar, que se trata de pessoas do bem, que pagam impostos e tem o direito de ir e vir. Estes, querem apenas estar no estádio no fim de semana com os amigos e família para torcer.

5º) Intolerância com o outro

Ultras europeus “neo-Nazi fans”, estendendo a bandeira com a suástica.

Como se propaga a intolerância de um para com o outro. Atacam, ofendem, ferem e até matam não só fisicamente, mas a alma, o sentimento do semelhante em nome de uma paixão clubística. Em nossos dias, enaltecer o rival—o qual é adversário no âmbito esportivo—, é algo impensável. Quem age diferente disso, é considerado menos torcedor ou infiel. Enfim, a rivalidade ultrapassou os limites do aceitável. Milhares de pessoas viraram inimigas uma das outras. Neste contexto, manifestações chegam ao extremo com o ódio, racismo e xenofobia, o que só denuncia o estágio atual do ser humano.

Pois bem, estas são somente algumas questões, as quais me causam uma mistura de sentimentos ruins em relação ao ‘Esporte Rei’, apesar de ser ciente que o mesmo não tem culpa de nenhuma delas. Sei que é algo quase utópico, mas, espero que um dia as coisas ruins como as mencionadas acima, acabem. Se isso acontecer, será a vitória do bem sobre o mal.

Esta entrada foi publicada em Futebol brasileiro, Futebol europeu, Futebol sul-americano. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

3 respostas a Cinco questões que não deveriam existir no meio do futebol.

  1. André Polly disse:

    E ae meu brother.
    Passando novamente em seu blog.
    Concordo a maioria de seus argumentos, só entendo que quando uma pessoa marca um gol não é preciso tanto.
    Tudo deve ser feito com moderação.
    Houve uma época em que tirar a camisa e ir ao encontro da torcida era aceitável, até aprovo este tipo de comemoração.
    Agora, fazer dancinhas, chamar os colegas e fazer coreografias já é um exagero, pois além de ser desnecessário atrasa a o confronto.

    Parabéns pelo blog.
    Estamos ae.

  2. admin disse:

    Obrigado Polly, volte outras vezes!

  3. WADER MARINHO DA SILVA disse:

    OLHA NAO CONCORDO COM POLLY NAO…SAO ESSAS COISA QUE DEIXA A PARTIDA MAIS ELETRIZANTE E GOSTOSA DE SE VER,VOCE LEMBRA DOS MENINOS DA VILA, SOU SAO PAULINO DE CORAÇAO MAIS PRA MIM VALE TUDO NA HORA DO GOL…ALI VOCE SE REALIZA COM TUDO E COM TODOS, PARA NOS QUE SOMOS PELADEIROS DE FINAL DE SEMANA FAZER UM GOL E MAGIA PURA…E SE FOR UM GOLAÇO COM UM COMPRIMENTO DE UM DIBLE LINDO E ASSINADO COM UM DE PLACA…NAO TEM EXPLICAÇAO… E MARAVILHOSO DE MAIS ….VOCE COMEÇA A GRITAR E A CORRE SEM DIREÇAO…ISSO SO SENTE QUEM GOSTA DE FUTEBOL E DE JOGAR FUTEBOL….UM ABRAÇAO PARA MEUS AMIGOS ANDRE POLLY E LUCAO PARCEIRO DE SEMPRE …AMIGAO …OLHA HOJE E 23/08/2013 VOCES ESTAO ACHANDO QUE O SAO PAULO VAI CAIR OU QUE ELE ESTA MORTO NE….AGUARDE POIS O CAPEAO VOLTOU ,…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>